sexta-feira, 16 de maio de 2008

Sem


O tapa : à meia -noite, jogado,
os restos mortais: inerte, de lado,
em vidas distantes,
em mundos oníricos
nos quais não me encontro.

O vazio: o sangue covarde,
fugitivo do momento - mudez!

Imagem fotográfica:
Ei-lo ali!
Desnudo, vazio, despossuído:
não sentimento, sem consolo, frases prontas ausentes,
mãos recaídas sobre os lençóis frios.

Espaços: entre nós: ocos, ecos silenciosos.

O amor se fora.
O homem-amor não está mais.


Ei-lo:
Sem afagos,
sem olhares,
sem posses,
sem tudo,
sem restos,
sem nada.

É assim o fim?

38 comentários:

nanaxinha_dk disse...

não é o meu tipo favorito de leitura mas, gostei do blog.

Charles Araújo disse...

Forte e profundo... voce possui em suas palavra, uma altivez que é muito dificil de se encontrar!
Parabéns! ;D

Petter disse...

Não é o meu tipo de leitura, mais parabéns pelo blog :D

caio arroyo disse...

Não sou de achar nada muito forte, mas com certeza o seu ficou com palavras fortes, mas não leve isso como um defeito, é um elogio, gostei da ideia de uma palavra os dois pontos e uma ideia

galeg0 disse...

Tava procurando blogs relacionado a
poesia, encontrei o seu.
Meu blog é sobre poesia,
poesias minhas ..

Gostei da poesia, miteriosa.

Vim também pedindo uma parceria,
ou uma simples troca de links.
:D

ATMJ disse...

Belo poema
belo blog
parabéns!
beijos!

www.blogblogue.wordpress.com

Tito disse...

É uma boa pergunta essa sua.
Parabéns pela poesia!

Letícia Castro disse...

Tudo sempre recomeça ,o tempo todo. Eu acho que eu já entrei aqui mudou o layout?
Beijão!
Letícia.


http://babelpontocom.blogspot.com/

morales disse...

Muito bom, eu já vim aqui, varias vezes!!!

Ana Lucia disse...

gostei do blog!
www.analucianicolau.adv.br

Alcione Torres disse...

Tudo lindo aqui!

Sarapatel de Coruja!

iti disse...

Belos poemas se encontram neste blog..
vc mostra um sentimento mto profundo...palavras de sentido forte...
mto bom o blog...

passe tbém pelo -

http://lhmartins.blogspot.com

Ramon Steffen disse...

Nada melhor que uma poesia para nos fazer refletir ^^

interessante a sua xD

Philipe disse...

Gostei mt do blog amigo continue escrevendo pois esta e a chave para o futuro as respostas virao em força de letras
Parabens

Meu Blog : Blog Do Philipe

Lya Lopes disse...

Disseste no meu blog que estás precisando retomar leituras. Pois digo o mesmo, no meu caso, leituras de poesias. Que nunca foi o meu forte.

Philipe disse...

Adoro poesia meu blog e sobre isso tbm

O poeta e uma pedra no abismo ja dizia mario quintana

Gostei mt do blog amigo continue escrevendo pois esta e a chave para o futuro as respostas virao em força de letras
Parabens

Meu Blog : Blog Do Philipe

Murilo disse...

criativo e impactante!
Parabéns pelo blog!

Euzer Lopes disse...

Não, não é o fim. É apenas o recomeço.
Recomeço de novas formas, novos pensamentos, novos sentidos.
Novos objetivos, novos ecos, desta vez menos silenciosos.

fern schmidt disse...

muito legal, legal mesmo...
parabéns!!!

Catarino disse...

Olá, vim conhecer seu blog. Gostei.
Informo que favoritei vc no blogblogs.
Convido que visite meu blog e se gostar me favorite também.
Vou ficar esperando.

Philipe disse...

NOvamente do teu blogg

XD

VIsitante aciduo ja eu xD

Esta mt bom cada vez melhor parabens

Ana Lucia disse...

parabéns mais uma vez!
www.analucianicolau.adv.br

Fabio Bustamante disse...

gostei muito do seu blog! as palavras daqui são bem verdadeiras, e as imagens ficaram muito bem relacionadas aos textos! o layout ficou bem leve, e muito bom! e, como gostei das palavras, estive dando uma olhada no blog, e achei-as lindas, críticas e, como já disse, verdadeiras! ah, obrigado por sua correção no meu blog! já coloquei o Campeonato Capixaba lá!

Everaldo Ygor disse...

Olá...
É assim o fim do poema e o inicio da poesia toda...
Abraços
Everaldo Ygor
http://outrasandancas.blogspot.com/

Edu disse...

No fim nada é pra nós!

miller disse...

hummm bem criativo!! gostei..
Se é vc que faz mesmo vc é inteligente.

Niltinho de Freitas disse...

Gosto muito desses blogs poéticos, é a literatura unindo-se à tecnologia.
Um brande abraço.

Se puder passa lá no Blog do Niltinho 2.0 - http://niltinho20.blogspot.com

ED CAVALCANTE disse...

VC NESSE POEMA FEZ UM RESUMO DE SI PRÓPRIA! UMA FOTO 3X4! RSSS

Rafael Zuchi disse...

Muito bonito. Gostei!

Beijo.

Rafael Zuchi

Priscilla Jequitibá disse...

a morte é o fim dos sonhos
enquanto eles vivem
nao sera o fim
o fim
essete, é apenas o começo
a dor de nascer
em outro lugar

DAN disse...

Muito bem explanado, parabéns.

http://www.pontodcom.blogspot.com/

fábio C. Martins disse...

Poxa, quanto mais eu corro dessas palavras - "é o fim" - mais eu acabo encontrando. Parece até um lembrete... :(

Mas tudo bem, valeu a pena ler o teu texto.
Gostei MUITO!

Beijos

carla m. disse...

que inveja de tanto desapego!

Victor Mariusso disse...

O melhor do teu amor é que ele nem sequer tenta apresentar desculpas. Revolto e marcante. Como deve ser.
Então, vim te pagar uma visita, afinal, parece que ganhei um link aqui e nem sabia! Estamos trocados, ok? Agora, mata a minha curiosidade: como vc faz pra receber esse abuso de coments? Confessa: cê anda com uma camiseta com o link estampado! Quero esse fluxo pra mim também!
Beijo e me visite sempre que quiser. Keep in touch.

Fernando Gomes disse...

Aprecio seu ponto de vista e concordo que a publicidade tem sua parcela de culpa, porém ela não é inteiramente culpada como muitos a fazem parecer. Deixe-me compartilhar contigo o que penso..

A função dela é incentivar, instigar o consumo e criar padrões de beleza.

Mas é a consciência de cada um que é o que conta.

As pessoas bebem porque querem.
Compram porque querem.

A publicidade estará lá tocando nas feridas. Só os cabeças fracas cederão.

Comenta aí:
And I Said Goddamn!

Emanuel disse...

Como meu amigo iria dizer.

prafundo!

legal bom domingo

Victor Mariusso disse...

É um prazer postar sabendo que alguém vai ler de verdade! Obrigado pelas visitas. Teu link já tá no meu blog. Beijo e visite sempre!

Nat Valarini disse...

Bom dia!

Que poema forte!

Não tenho a certeza de que o fim seja assim, por que não pintá-lo mais alegrinho?

rs...


Viajante,
Não sou poetisa ou poeta.
Mas as palavras merecem um espaço além dos pensamentos,
do aquém túmulo da boca.
Depois de anos guardando-as, depois de incentivos amigos,
Ei-las aqui para quem as desejar ler, rechaçá-las,
guardá-las ou apenas fazer uma visita
ao espaço das palavras inquietas, assanhadas
amantes, amadas e
solidárias. Na verdade, apenas minhas palavras.
Aos que se aventurarem em sua companhia:
Boa Viagem!!!!!


Traveller,

I am not poet.
But the words deserve a space beyond the thoughts,
below the mouth of the tomb.
After years of saving them, after incentives friends,
Hey them here for those who want to read, rejected them,
save them or just make a visit
the area of words worried, exceted
lovers, and loved
solidarity. Actually, just my words.
For those who venture into whether his company:
Good travel !!!!!!!!!!